Você sabe para que serve o nobreak?

Você já perdeu um texto que passou horas escrevendo porque a luz caiu de repente, e o computador não ligou mais? Ou então ele deixou de entregar o combinado com o cliente, porque você perdeu dados com as flutuações de tensão que danificou os computadores da empresa? Estas situações podem ser evitadas se você instalar nobreak em sua rede elétrica.

Um nobreak ou UPS (Fonte de Alimentação Ininterrupta, na sigla em inglês) é um dispositivo indispensável para proteger e manter em funcionamento uma variedade de equipamentos e dispositivos eletrônicos.

Em caso de queda de luz, o nobreak faz com que a potência dos equipamentos, por meio de suas baterias internas. Além disso, ele funciona como um regulador de tensão, proporcionando uma energia “limpa” (sem oscilações) para os dispositivos conectados a ele, servindo como uma proteção extra – longo do tempo, a energia de baixa qualidade é prejudicial ao equipamento.

Você está pensando em investir em um nobreak? Saiba as vantagens e proteções são muitos.

As vantagens de usar um nobreak

Em relação à segurança, o nobreak é fundamental para manter todos os dispositivos funcionando em uma empresa em operação, se houver corte de energia propositadamente ou por tempestades, por exemplo. Sem energia e sem nobreak, alarmes, câmeras, cercas elétricas, porteiros eletrônicos, controles de acesso, entre outras, ficarão indisponíveis e, portanto, não garante a segurança do local. Não adianta ter uma solução completa, se uma simples gota de luz vai deixar seu local vulnerável.

Mas não é apenas para assegurar o funcionamento dos dispositivos com segurança que o nobreak funciona. As variações contínuas são prejudiciais aos aparelhos mais sensíveis. O uso do nobreak vai fazer a proteção desses equipamentos, pois eles funcionam também como estabilizadores de tensão, será a fonte em caso de queda do fornecimento, sem interromper o fluxo de energia durante a mudança do modo de “rede” para o modo “bateria”, isto é, o dispositivo não está inativo e pode ser desligado de forma mais adequada.

Outro ponto positivo é para evitar prejuízos causados por falhas de energia elétrica. Computadores, servidores, switches, roteadores, telefones, estações de energia, entre outros equipamentos, são essenciais para as empresas. O tempo de inatividade por falha elétrica pode custar tanto como um hardware danificado: imagine que os custos com atrasos na produção, para recuperar arquivos danificados ou re-executando os processos que estavam parados.

Nobreak, Estabilizador ou Gerador?

Eu já tenho um estabilizador, eu preciso de um nobreak? Os estabilizadores servem para proteger o equipamento de variações de tensão, eles não são capazes de fornecer energia, não sendo uma solução completa, no caso de um apagão.

E sobre o gerador, qual é a diferença em relação ao nobreak? Os geradores asseguram um longo tempo de fornecimento, por meio de um motor interno que pode ser alimentado com o combustível. É ideal para aeroportos, hospitais, supermercados, bancos, hotéis, onde há uma necessidade de uma autonomia muito maior. Já os nobreaks server para atender a projetos com uma menor necessidade de autonomia.

No entanto, a combinação entre o gerador e nobreak é perfeito. Isto porque, até que o gerador está ligado (o que pode variar de segundos a alguns minutos), o nobreak entra em operação em um curto período de tempo, sem que o equipamento será afetado.

Proteção contra subtensão

Quando ocorre uma redução na tensão fornecida pela concessionária, têm o efeito de subtensão, que também pode ocorrer quando se liga vários aparelhos na mesma tomada. Uma queda de tensão que podem causar uma variedade de problemas, tais como falhas, ou comprometimento do funcionamento.

Como o nobreak opera? Ele se baseia em componentes que compõem a regulação de tensão. Se a tensão de reduzir drasticamente, o nobreak entra na bateria.

Proteção de sobrecarga

A sobrecarga ocorre quando a carga ligada no nobreak é maior do que a oferecida por ele. A sobrecarga pode levar a um aquecimento excessivo dos componentes do nobreak, como os circuitos e o transformador, por exemplo.

Como o nobreak opera? Por meio de sensores que monitoram a carga conectada e avisa, por meio de sinais sonoros quando há excesso de carga. Para resolver a sobrecarga é apenas em relação a um ou mais equipamentos.

Proteção contra curto-circuito

Ocorre quando há uma alta passagem de corrente elétrica em um circuito.

Como o nobreak opera? Ele tem componentes de proteção, evitando os equipamentos ligados ao nobreak para ser queimado.

Proteção contra sobreaquecimento no inversor

Ocorre quando a carga ligada no nobreak é maior do que é oferecido pelo dispositivo.

Como o nobreak opera? Quando a sobrecarga é acionado o modo de bateria.

Proteção contra sobretensão

Quando há um aumento na tensão fornecida pela concessionária, têm o efeito de sobre-tensão.

Como o nobreak opera? Ele se baseia em componentes que compõem a regulação de tensão. Se a tensão aumentar drasticamente, o nobreak entra na bateria.

Proteção contra descarga total/sobrecarga da bateria

Eles podem fazer o download de duas maneiras: de alta carga e descarga rápida ou baixa carga e descarga lenta.

Como o nobreak opera? Ele tem um nível de proteção, o que mantém as baterias com um mínimo de carga, impedindo a ocorrência de uma descarga total.

Como vimos, o nobreak protege os equipamentos eletrônicos e garante o funcionamento de sistemas de segurança. É essencial não apenas para empresas, mas também para residências.

A Datatech Telecom trabalha com instalação de nobreaks e geradores para empresas de pequeno, médio e grande porte. temos fornecedores de nobreak leais que nos ajudam a entregar sempre o melhor produto, para que sua empresa esteja sempre operacional.

Comentários